Noivas

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Grinalda da Noiva


Grinalda da Noiva

A grinalda da noiva é especial no casamento e sempre destaque no visual da noiva.

Ela irá destacar o rosto da noiva, iluminá-lo e diferenciar a imagem da mulher do seu dia-a-dia. Sua
função no traje da noiva é tão importante que merece muita atenção na hora de sua escolha.

Como ela envolve e emoldura o rosto da noiva, estará sempre em destaque nas fotos. 

Por não ser uma peça comum às mulheres é necessário a orientação de um profissional como costureira, estilista ou cabeleireira para ver qual o melhor modelo a ser usado, combinando com o comprimento do véu, formato do rosto da noiva, altura do pescoço, o penteado, as jóias, com o vestido e o horário do casamento. Com ajuda destes profissionais experientes a tomada de decisão sobre o melhor tipo de arranjo a ser usado, será mais fácil e a certeza do modelo mais adequado tranqüilizará tremendamente a noiva. Aqui vão algumas informações básicas para ajudar na escolha da sua grinalda:

Formatos Possíveis

A grinalda pode ter o formato de coroa (circular colocada no alto da cabeça - como uma coroa mesmo), ou de tiara (como um diadema acompanhando o movimento da cabeça, emoldurando o rosto) ou ainda como um arco. Independente do estilo ou modelo, a grinalda deverá vir acompanhada do brinco que com ela combine e até mesmo uma gargantilha se não ficar muito carregado o conjunto.
A grinalda pode ser usada sozinha ou combinada ao véu de tule de nylon que é o mais usado, e com a mantilha (peça artesanal caracterizada por desenhos formando bicos nas bordas). Quando usada só na montagem do penteado, este adereço forma um conjunto mais simples porem não menos harmonioso juntamente ao vestido.

Evite exageros, peças inadequadas e desconfortáveis. Além de orientação profissional, é necessário experimentar vários modelos até encontrar o tipo que combine com todos os elementos já citados, com seu gosto pessoal e conforto, pois esse enfeite marcará o dia mais importante de sua vida!

Horário do Casamento

Casamentos de manhã até o final da tarde: As grinaldas devem mais leves, sem ou com pouco brilho. Podem ser usadas flores artificiais, pérolas, lalic etc.

Se o
casamento durante o dia e for ao ar livre, em ambiente aberto, como jardim ou chácara, prefira grinaldas leves, quase sem brilho, como a com perolas ou flores naturais, pois quanto mais simples e menos brilho, mais adequada fica a peça.

após as 18:30 horas ou à noite pode-se utilizar do brilho e do glamour, equilibrando sempre com o estilo da cerimônia: luxuosa, formal e informal. A noiva pode usar e abusar da sofisticação e do brilho, procurando combinar com o vestido.

Rosto da Noiva

Rosto alongado - Evite coroas em geral: prefira grinaldas na testa em forma de “V” com cabelos presos e véu com volume lateral.
Rosto quadrado - Prefira os arranjos no alto da cabeça. No caso de coroas, escolha as de altura média, acompanhada de véu longo, jogado para trás. Em caso de testa estreita use grinaldas finas, de flores naturais ou tecido se a testa for estreita. Para testa maiores as grinaldas grossas em cabelos semi-presos são as mais adequadas.
Rosto redondo - Este formato de rosto deve ser valorizado com coroas altas, tipo rainha ou arranjo de flores ou pedrarias no alto da cabeça. Tanto as coroas como arranjos com véu em cascata para trás da cabeça afinam o rosto. Os cabelos devem ser presos.
Rosto triangular - Use a grinalda no meio da cabeça, com o véu longo, caindo nas laterais da cabeça para dar volume ao conjunto. Se preferir as coroas, escolha as mais baixas e delicadas de pedrarias.

Estilo e Cor

O estilo do vestido da noiva também influencia na escolha da grinalda. Além do estilo, a cor do vestido também conta: Vestido branco - grinalda branca, prata ou dourada. Vestido marfim - grinalda pérola ou dourada.

Tendência Atual

A tendência para o momento são as tiaras prateadas, enriquecidas por cristais Swarovski ou laliques foscos ou brilhantes, de desenho mais delicado. Há, também, as opções em flores naturais, que devem ser usadas em casamentos celebrados à luz do dia ou ao ar livre. E vale um toque de alerta: o modelo “coroa de princesa” caiu no desuso, pois é antiquado e muito pesado visualmente.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário